Viajar faz bem!

0
143

 

Viajar não se define apenas dizendo para onde você vai. Vejo muitas famílias fazendo viagens, apenas para dizer: fomos para Miami nas férias! Não gosto de categorizar isto assim. Viajar na minha concepção é mais que isso! É entrar em sintonia com sua família, com sua base, com sua estrutura, é passar de 7 a 15 dias com pessoas que você ama, e que você quer por perto o tempo todo, mas que com o dia a dia corrido não é possível. Por isso a importância de viajar! Viajar faz bem, pois une sua família, ou seu relacionamento, fortalece sentimentos como a confiança, a parceria e a união, e faz com que a diversão fique sempre presente em sua vida! Uma vida sem viagens é como um livro em branco, sem histórias para contar…

Ao longo dos anos colecionamos viagens… não pense que foram viagens para lugares longínquos, foram lugares, que eu chamaria de… Peculiares. E cada lugar tem sua história, pois com crianças e um gato não tem como não ter histórias…
Vou mostrar um pouco para você.

 

Vivências, criança precisa!

Se você me perguntar, algum lugar favorito em nossa lista, pode anotar: PRAIA. Sem dúvida alguma, a praia faz a alegria da galera aqui em casa. O verão sem praia é como futebol sem a bola, rs. Na praia tem mar, tem areia, tem sol, tem espaço pra correr, jogar bola e soltar pipa, tem  sorvete, picolé, crep, parque de diversão e AMIGOS mãe! (Gabi, 6 anos) Como ficar em um apartamento durante as férias de verão, quando a concorrência da praia é muito superior?

             Gabriela, em sintonia com a praia.

Outro lugar que gostamos de estar: Em meio ao verde. Precisamos mostrar e ensinar isso para nossos pequenos. A importância que a mãe natureza tem em nossas vidas. Pode ser uma cidade vizinha que tenha mais verde que a sua, ou lugares mais distantes como a chácara da minha mãe por exemplo.

Lá é como se o tempo estivesse parado. Tem a mesma coisa que na praia… Lugar pra correr, pra andar de bicicleta, pra jogar bola, pra correr, mas tem vantagens… Como: comer frutas fresquinhas colhidas ali na hora, comer verduras colhidas da horta, buscar os ovos no galinheiro pra fazer aquele bolo no final de tarde, pescar no açude e dar ração pros peixinhos da vó, ir na cachoeira quando está muito quente, andar de trator pela chácara, fazer trilhas pela floresta e fazer casinhas… Aí a imaginação fica a vontade e sem moderação para nossos baixinhos… e fora que não precisamos nos preocupar com roupas estilosas, podem usar a roupa mais esfarrapada e velha possível, pois eles irão mexer com terra, barro, subir em árvores, tomar banho de mangueira e por aí vai…

 

 
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here